EXAMES DE
IMAGEM

download.jpg

A ultrassonografia é um exame complementar que obtém imagens dos órgãos e outras estruturas do corpo através de ondas sonoras de alta frequência (que geralmente varia de 3 a 18 MHz) produzidas por cristais de propriedades piezoelétricas existentes nos transdurores. Essas imagens são formadas pelo registro das reflexões das ondas ultrassônicas dirigidas para o interior do corpo, as quais retornam ao transdutor e são analisadas pelo computador que as exibe em forma de imagens.

 

A obtenção de imagem por ultrassom é indolor e inócua por não envolver qualquer ionização.


A ultrassonografia tem várias indicações e diversas modalidades de exame, tais como a ultrassonografia da região cervical, encéfalo, globo ocular, estruturas musculoesqueléticas, avaliação cardíaca e de estruturas torácicas.


O mais utilizado é o ultrassom de abdome, que permite avaliar o tamanho, formato, contornos e arquitetura interna dos órgãos. Ele também pode ser usado para guiar citologias e biópsias ou aspirados de fluídos e tecidos moles, bem como a avaliação de todos os órgãos abdominais, mesentério e omentos, peritônio e parede abdominal, além de determinar a origem e extensão de massas abdominais.

Ultrassonografia

A radiografia é uma das técnicas de diagnóstico por imagem mais utilizadas na medicina veterinária por ser rápida, barata e pouco invasiva, além de auxiliar o diagnóstico de grande partes das doenças osteoarticulares, torácicas e abdominais que acometem os animais de companhia. A introdução da radiografia digital na medicina veterinária aumentou a sensibilidade dessa ferramenta por permitir a manipulação da imagem radiográfica e o envio dessas imagens para a troca de informações entre profissionais. 

 

O exame radiográfico também é a primeira modalidade de imagem a ser solicitada antes de um exame mais sensível, dispendioso e invasivo como a tomografia computadorizada e a ressonância magnética. 

 

A sobreposição dos órgãos e estruturas é um dos principais fatores limitantes dessa ferramenta unidimensional, por isso é sempre indicada a realização de duas ou até três projeções diferentes das mesma região para minimizar essas sobreposições. 

 

Em alguns casos o uso de contraste em exames como esofagograma, trânsito gastrintestinal, urografia excretora, uretrocistografia e mielografia, são indicados para complementar o exame radiográfico simples.

download.jpg

Radiografia

cardio.jpg

A radiografia é uma das técnicas de diagnóstico por imagem mais utilizadas na medicina veterinária por ser rápida, barata e pouco invasiva, além de auxiliar o diagnóstico de grande partes das doenças osteoarticulares, torácicas e abdominais que acometem os animais de companhia. A introdução da radiografia digital na medicina veterinária aumentou a sensibilidade dessa ferramenta por permitir a manipulação da imagem radiográfica e o envio dessas imagens para a troca de informações entre profissionais. 

 

O exame radiográfico também é a primeira modalidade de imagem a ser solicitada antes de um exame mais sensível, dispendioso e invasivo como a tomografia computadorizada e a ressonância magnética. 

 

A sobreposição dos órgãos e estruturas é um dos principais fatores limitantes dessa ferramenta unidimensional, por isso é sempre indicada a realização de duas ou até três projeções diferentes das mesma região para minimizar essas sobreposições. 

 

Em alguns casos o uso de contraste em exames como esofagograma, trânsito gastrintestinal, urografia excretora, uretrocistografia e mielografia, são indicados para complementar o exame radiográfico simples.

Eletrocardiograma